Sustentabilidade

WEG & Sustentabilidade

Ética e Integridade

MISSÃO

Crescimento contínuo e sustentável, mantendo a simplicidade.

VISÃO

Ser referência global em máquinas elétricas e com uma ampla linha de produtos, provendo soluções eficientes e completas.

VALORES

  • Companhia Humana
  • Trabalho em equipe
  • Eficiência
  • Flexibilidade
  • Inovação
  • Liderança

POLÍTICAS

  • Qualidade
  • Meio Ambiente
  • Eficiência Energética
  • Saúde e Segurança
  • Responsabilidade Social

Código de Ética

Considerando que a sustentabilidade do crescimento da WEG depende, fundamentalmente, de uma conduta eticamente correta no relacionamento entre as partes interessadas, o Código de Ética faz parte da gestão transparente da WEG. O documento
apresenta a todos seus colaboradores e administradores a conduta esperada no exercício das atividades. Adicionalmente, a WEG incentiva a aplicação das diretrizes do Código de Ética aos seus stakeholders, sendo estes: empresas coligadas,
fornecedores, prestadores de serviços, representantes comerciais/distribuidores, revendas e assistentes técnicos, clientes, investidores, comunidade e governo.

Recentemente o Código de Ética foi reavaliado e atualizado. E em 2014 foi lançada sua 2ª edição, que contemplou as seguintes melhorias:

  • Inclusão de novos tópicos (corrupção e meio ambiente)
  • Aplicação global, possuindo versões em português, inglês, espanhol e mandarim
  • Melhoria no sistema de gestão de denúncias

SISTEMA DE GESTÃO DE DENÚNCIAS

Para a realização de denúncias sobre sua violação, o Código de Ética possui diferentes canais de comunicação, aplicados globalmente, sendo estes:

  • Site
  • E-mail
  • Telefone
  • Carta
  • Comunicação ao superior imediato (chefe, gerente ou diretor)

As informações recebidas são mantidas em sigilo, exceto nas situações em que a WEG tenha obrigação legal de informar aos órgãos e auditorias governamentais.

Os casos que não estão inclusos no documento são discutidos pela Comissão de Gestão do Código de Ética, em conjunto com a diretoria de Recursos Humanos, que é responsável por esta ferramenta de gestão.

Acesse o Código de Ética WEG (link)

Cartas e Princípios

PACTO GLOBAL

Global Compact Logo

O pacto procura fornecer diretrizes para a promoção do crescimento sustentável e da cidadania. Estes valores fundamentais são refletidos através de 10 princípios, sendo estes: Direitos Humanos, Trabalho, Meio Ambiente e Anti-Corrupção.

A WEG se tornou signatária do Pacto Global em 2014. Todo ano reportamos a manutenção dos 10 princípios, que demonstram as práticas e processos da WEG contemplando cada princípio, confira abaixo:

Saiba mais: http://www.pactoglobal.org.br/

COATINGS CARE

Coatings CaroImplementado em diversos países, Coatings Care é um dos mais importantes programas de conscientização e compromisso que os agentes de toda a cadeia produtiva de tintas podem assumir em âmbito mundial. O objetivo deste programa é auxiliar os fabricantes a administrar suas responsabilidades em relação à saúde, segurança e cuidados com o meio
ambiente.

O programa é coordenado por um comitê internacional formado por dirigentes das associações que representam os fabricantes de tintas no mundo todo. É regido por quatro códigos, que podem ser colocados na prática em conjunto ou separadamente:

  • Gestão da Produção;
  • Gestão do Transporte e Distribuição;
  • Gestão de Produto;
  • Responsabilidade Comunitária.
Colaboradores

SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO

A valorização do ser humano no desenvolvimento de suas atividades é estabelecida como uma política da WEG. Por meio de programas e processos internos, que tratam diferentes temas relacionados à segurança no trabalho, a empresa promove a conscientização e disseminação da cultura de prevenção.

Indicadores

TAXA DE LESÕES

Número de acidentados a cada 200 mil horas trabalhadas:

  • 2013: 2,70
  • 2014:2,22
  • 2015: 1,88

TOTAL DE DIAS PERDIDOS DE TRABALHO

Quantidade de dias perdidos em acidentes com afastamentos a cada 200 mil horas

  • 2013: 65,9
  • 2014: 57,15
  • 2015: 44,80
  Norte Sudeste Sul
2014 111,52 40,47 60,85
2015 49,23 15,88 49,39

TOTAL DE ABSENTEÍSMO*

Quantidade de absenteísmo a cada 200 mil horas trabalhadas:

  • 2013: 5400
  • 2014: 5600
  • 2015: 5000

* Quando um colaborador se ausenta do trabalho devido a qualquer incapacidade, não apenas resultante de lesão ou doença relacionada ao trabalho.

TOTAL ÓBITOS

  • 2013: 1
  • 2014: 0
  • 2015:0

Investimentos em Segurança

Para manter a qualidade e bem-estar dos colaboradores no ambiente de trabalho, a WEG investe em melhorias de forma contínua. As adequações em máquinas, além do investimento no desenvolvimento de novos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e em capacitação de colaboradores, são algumas das suas ações.

Investimentos em segurança realizados em 2015:

  • Investimentos em ergonomia: R$ 5.523.309,31
  • Investimento em melhoria de máquinas e equipamentos: R$ 3.113.067,00
  • Investimento em EPIs: R$ 11.007.225,52
  • Capacitação e treinamento: 76.946,41 horas, envolvendo 18.702 colaboradores

TREINAMENTO E EDUCAÇÃO DOS COLABORADORES

Acreditando que na educação está a base para o desenvolvimento pessoal e profissional, a WEG oferece programas que envolvem várias faixas etárias. De jovens aprendizes a colaboradores aposentados, todos são atendidos em uma estrutura que conta com cursos internos gratuitos.

Esta característica estabeleceu uma cultura de aprendizado que se estende por todas as áreas e que permite aos colaboradores aproveitarem as oportunidades. A educação se estende, ainda, para a comunidade nas oportunidades de iniciar a carreira como jovem aprendiz, estagiário ou através do programa QPAP (Qualificação Profissional de Aprendizes de Produção).

Indicadores:

Média de horas de treinamento por colaborador:

  • 2013: 76,86
  • 2014: 115,55
  • 2015: 115,78

Média de horas de treinamento por categoria funcional

Investimento em treinamento

  • 2013: 15.176
  • 2014: 17.050
  • 2015: 19.858

BENEFÍCIOS OFERECIDOS AOS COLABORADORES

A WEG disponibiliza um pacote de benefícios aos seus colaboradores. Conheça alguns benefícios e o histórico de investimento realizado:

Benefícios:

  • Assistência Médica
  • Plano Odontológico
  • Plano de Previdência
  • Educação e Treinamento
  • Alimentação
  • Programa de Vacinação Antigripe
  • Seguro de Vida
  • Programa de Educação Infantil
  • Brindes de Natal

Investimento (Milhões de reais)

A promoção da saúde e de boas práticas para o bem-estar e qualidade de vida dos colaboradores são oferecidas através de diversos programas, dentre eles:

  • Campanhas de Saúde
  • Medicina do Trabalho
  • Serviço de Saúde
  • Programa Viver Bem
  • Atendimento Psicossocial

DADOS DOS COLABORADORES

Total colaboradores_tabela

Governança

A adoção de práticas diferenciadas de Governança Corporativa reflete o exemplo estabelecido pelos fundadores da WEG e o respeito pelos parceiros que foram se juntando à sociedade ao longo do tempo. O compromisso da Companhia é continuar atuando dentro dos mesmos princípios de transparência, equidade e prestação de contas aos acionistas e demais partes interessadas.

Nesse contexto, a WEG aderiu ao segmento de listagem Novo Mercado e adotou o Código ABRASCA de Autorregulação e Boas Práticas das Companhias Abertas.

A administração do Grupo WEG é exercida pelo Conselho de Administração, com funções deliberativas; pela Diretoria Executiva, com funções representativas e executivas; e pelo Conselho Fiscal.

O Conselho de Administração é composto por sete membros, sendo um presidente, um vice-presidente. Quatro conselheiros são considerados “independentes” de acordo com o disposto no Regulamento de Listagem do Novo Mercado da BM&FBOVESPA. Compete ao Conselho de Administração avaliar formalmente os resultados de desempenho da Companhia, do próprio Conselho, da Diretoria e, individualmente, dos membros de cada um destes órgãos. Para isso, o Conselho de Administração reúne-se sempre que necessário, ao menos trimestralmente, por convocação do seu Presidente.

Remuneração

O alcance das metas e indicadores de desempenho econômico, ambiental e social é o objetivo que orienta todas as ações da organização. Por esta razão, os membros do Conselho de Administração e da Diretoria Executiva recebem, além de remuneração fixa, uma remuneração variável de acordo com o atingimento das metas. Tal forma de remuneração promove o compartilhamento coerente e transparente dos resultados. Alinha os interesses da companhia, dos administradores e dos acionistas, de acordo com as melhores práticas de gestão e de governança corporativa.

Gestão de Riscos

A WEG desenvolveu seu Sistema de Gestão de Riscos Corporativos em conformidade com as melhores práticas internacionais e com padrões definidos por órgãos reguladores do Brasil e Exterior, adaptados ao perfil específico da empresa. Diretrizes, responsabilidade e limites são estabelecidos para nortear a atuação dos Comitês, Comissões, Departamentos e Seções na execução das ações, de acordo com as orientações do Conselho de Administração.

Antever, avaliar e gerar respostas eficazes a riscos e oportunidades é o escopo deste sistema. Para que o alcance dos objetivos estratégicos não seja afetado por fatos e condições inesperados em qualquer área de atuação corporativa, o sistema abrange quatro grandes dimensões:

  • Dimensão estratégica: capacidade de antecipar, proteger-se e/ou adaptar-se às mudanças.
  • Dimensão financeira: capacidade de obter e/ou preservar recursos financeiros.
  • Dimensão pessoas: capacidade da empresa em atrair, desenvolver, reter e ter à disposição recursos humanos.
  • Dimensão processos: capacidade de utilizar os recursos disponíveis de forma eficaz e eficiente.

A gestão do Sistema de Riscos Corporativos conta com a contribuição fundamental da estrutura de gestão participativa da organização. Estabelece comitês e comissões multidisciplinares para analisar, definir, aprovar e implementar alterações em seus processos de negócio. A gestão de riscos é de responsabilidade destes comitês e comissões e é submetida periodicamente ao referendum da Alta Direção.

Meio Ambiente

Energia

O índice de eficiência do Grupo WEG é medido pela relação entre o consumo de energia elétrica pela receita operacional líquida (ROL), sendo que em 2015 alcançamos a redução de 21% em relação ao desempenho obtido em 2014. Esta informação demonstra que o programa e suas ações de eficiência energética estão gerando resultados.

Consumo de energia elétrica/ROL – Grupo WEG -Fábricas (MWh/ROL (milhões)

  • 2013: 64
  • 2014: 58
  • 2015: 45

Com relação ao consumo absoluto de energia elétrica das unidades fabris do Grupo WEG, obtivemos a redução de 2% em relação ao ano anterior. Cabe destacar que, em 2015, houve expansão das unidades no México e China e foram acrescentados os consumos das unidades WEG Electric Corp. U.S. (WEC), de Heidelberg na África do Sul, de Honberg na Alemanha e das unidades de Medellin e Bogotá na Colômbia.

Consumo de energia elétrica – Grupo WEG (Fábricas) (MWh)

  • 2013: 437.239
  • 2014: 451.567
  • 2015: 443.655

Programa de Eficiência Energética

Em 2011 a WEG certificou uma das suas fábricas na norma ISO 50001 (Sistema deGestão de Energia) e em 2014 esta unidade foi recertificada por mais três anos. A norma ISO 50001 especifica requisitos para estabelecer, implementar, manter e melhorar um sistema de gestão de energia, cujo objetivo é otimizar e reduzir os custos de energia, emissões de gases de efeito estufa e outros impactos.

Ainda em 2014, de acordo com os requisitos da ISO 50001, a WEG expandiu o Programa de Eficiência Energética para as unidades fabris da WEG Motores, de Jaraguá do Sul/SC e Guaramirim/SC.

O Programa implantado tem foco na redução do consumo de energia elétrica e combustíveis. Para tanto, foram:

  • Mapeados os equipamentos de consumo significativo de energia;
  • Realizado treinamento de colaboradores,
  • Identificadas oportunidades de melhorias e estabelecidas metas de redução do consumo, visando a melhoria do desempenho energético.

Como resultado do programa de eficiência energética foram implantados mais de 70 trabalhos de melhoria, relacionados à otimização dos processos, procedimentos, iluminação, ventilação e realizado 5.895 horas de treinamento visando promover a conscientização dos colaboradores para o uso racional do consumo de energia.

Política de Eficiência Energética (link) http://www.weg.net/br/Sobre-a-WEG/Politicas/Politicas/Eficiencia-Energetica

Água

Gestão de Recursos

A gestão de recursos hídricos da WEG é realizada com base na Política Ambiental e em diretrizes corporativas definidas e aprovadas pela Direção Geral da empresa. Cada parque de projetos que possibilitem o atingimento fabril é responsável pela definição de metas ambientais, bem como, pela execução delas.

Posicionamento

O posicionamento da WEG em relação a água, especificamente na conservação dos recursos hídricos não é de apenas atender a legislação, mas de atuar acima do atendimento legal, visando agir de forma proativa na conservação dos recursos hídricos.

Captação de água por fonte

O consumo de água das unidades WEG Brasil, de acordo com a figura a seguir, passou de 822.158 m3 em 2014 para 664.927 m3 em 2015, o que representa uma redução de 19,1%.

  • 2013: 951.609
  • 2014: 822.158
  • 2015: 664.928

Captação de água por fonte (m3):

A maior redução de consumo das fontes foi evidenciado para a “Água comprada”, que passou de 332.026 m3 para 230.142 m3 em 2015, o que representa uma redução de 30,7%. Outras fontes também apresentaram reduções significativas, como a água de superfície que reduziu em torno de 18,4% e a água subterrânea com valores próximos a 10%.

Segundo a figura acima, pode ser evidenciado que o volume de água de reúso passou de 25.422 m3 em 2014 para 31.407 em 2015, o que representa um aumento de 23,5%. Também pode ser evidenciado que no ano de 2015 houve a redução do consumo de água da chuva de 258 m3 para 6 m3 (variações nas precipitações e manutenções no sistema).

Percentual de uso de água

Volume de água de reúso

A figura abaixo apresenta o volume de água já reutilizado nas unidades WEG Brasil, acumulado, para os anos de 2013, 2014 e 2015. Até 2015 as unidades do grupo WEG já economizaram, com uso de água de reúso, 90.930 m³ (90.930.000 litros), o que seria suficiente para abastecer o consumo de 311 famílias durante um ano.

  • Total até 2013: 34.101
  • Total até 2014: 59.523
  • Total até 2015: 90.930
Resíduos Sólidos

Passando por sua história, a WEG desenvolveu várias iniciativas para a melhoria do seu processo de geração e destinação de resíduos sólidos. Dentre elas, podemos destacar: a implantação do processo de coleta seletiva, o programa Resíduo Zero – Acerte na Cor, determinação de metodologia de kaizens ambientais, além da implantação de metas de redução para suas unidades.

Entre os destaques de 2015, estão:

  • Implantação do manifesto de transporte de resíduos eletrônico;
  • Ações para redução das gerações de resíduos.

Podemos avaliar que 98,3% dos resíduos gerados em 2015 são isentos de periculosidade (Classe 2º ou 2B).

Resíduos Sólidos – Geração por Tipo (Quantidade (t))

Identifica-se que 32,8% dos resíduos gerados são reaproveitados internamente, 36,8% são encaminhados para empresas que promovem a reciclagem, enquanto que 29,7% são encaminhados para aterro industrial e 0,68% para coprocessamento ou outros destinos, conforme gráfico abaixo:

Resíduos Sólidos – Tipo de Disposição (Quantidade (t))

Emissões Atmosféricas

As emissões de gases de efeito estufa estão diretamente ligadas ao consumo de energia e a utilização de combustíveis. Desde 2010, a WEG realiza o inventário de emissões de gases de efeito estufa, segundo a metodologia do Programa Brasileiro GHG Protocol, reunindo informações a fim de gerir suas emissões e definir estratégias no que tange às mudanças climáticas.

Atualmente, o inventário das emissões de gases de efeito estufa (GEE) abrange os Escopos 1, 2 e 3.

  • Escopo 1: Compreende as emissões decorrentes do consumo de combustíveis.
  • Escopo 2: Está relacionado ao consumo de energia elétrica.
  • Escopo 3: Estão associadas às emissões decorrentes da atividade da empresa, porém de fontes que não pertencem ou não são controladas pela empresa, por exemplo, as emissões derivadas das viagens à serviço e tratamento de efluentes.

O desempenho das emissões da WEG é público, sendo reportado ao Índice de Sustentabilida de Empresarial (ISE), Dow Jones Sustainability Indices (DJSI), Programa CDP Investor e Supply Chain e ao Guia Exame de Sustentabilidade.

O escopo 2 é considerado o mais relevante para WEG, em função do consumo de energia elétrica ser responsável por aproximadamente 75% das emissões de gases de efeito estufa da empresa. O gráfico abaixo mostra a performance do escopo 2 da WEG nos três últimos anos:

Escopo 2 (tCO2e)

  • 2013: 60.719
  • 2014: 81.676
  • 2015: 88.415

Apesar da WEG ter reduzido o consumo absoluto de energia elétrica em 2% em relação a 2014, as emissões de gases de efeito estufa de escopo 2 apresentaram aumento de aproximadamente 8% devido aos seguintes fatores:

  • Expansão de unidades na China e México, as quais devido ao alto fator de emissão desses países acrescentaram 5.600 tCO2 no escopo 2 em relação a 2014.
  • Inclusão de novas unidades produtivas no inventário de emissões, as quais foram responsáveis pelo acréscimo de 1.800 tCO2 ao escopo 2, também devido ao alto fator de emissão desses países.

O setor industrial responde por mais de 40% da energia consumida no país. Este fato incentiva a WEG a desenvolver tecnologias destinadas a melhorar a eficiência energética com retorno em curto prazo, geração de energias renováveis e reduzir o consumo de energia elétrica, com forte atuação em projetos de:

  • Energia Solar
  • Energia Eólica
  • Biomassa
  • Centrais hidrelétricas
  • Modernização de sistemas industriais
Biodiversidade

Áreas

Reflorestamento 6.026,09 ha
Florestas naturais 2.810,78 ha
Reserva legal 2.445,54 ha*
Áreas de preservação permanente - APP's 818,43 ha**

* Área de Reserva Florestal não considerada no item "Florestas naturais".

** Área de Preservação Permanente não considerada no item "Florestas naturais".

Investimento Ambiental

Os investimentos/dispêndios ambientais realizados pela WEG em suas unidades do Brasil em 2015 são apresentados na tabela a seguir:

INVESTIMENTO/DISPÊNDIOS AMBIENTAIS – 2015

Investimentos/dispêndios Valor %
Controle Ambiental1 3.523,00 31,4
Equipamentos2 4.615,00 41,2
Gestão3 3.074,00 27,4
Total 11.212,00 100

Notas:

  • (1) Relacionados a tratamento/disposição de resíduos, tratamento de emissões atmosféricas e líquidas, seguros de responsabilidade ambiental e depreciação de equipamentos e despesas com materiais e serviços de manutenção, além da operação destes.
  • (2) Relacionados à aquisição de equipamentos para controle ambiental.
  • (3) Relacionados à remuneração de profissionais de treinamento que exercem atividades de gestão ambiental, pesquisa e desenvolvimento, certificação de sistemas de gestão ambiental.

Com base no gráfico abaixo, Os investimentos/dispêndios com controle ambiental em 2015 cresceram 0,8% em relação a 2014.

Investimentos/dispêndios anuais com proteção ambiental

  • 2013: 9.891,00
  • 2014: 11.122,00
  • 2015: 11.212,00
Conformidade

A certificação ISO 14001 fornece diretrizes para a gestão ambiental. As unidades certificadas são:

ISO 14001: 2004

Automação

  • WEG Equipamentos Elétricos S.A. - Automação
  • WEG Drivers & Controls - Automação Ltda.

Energisa

  • WEG Equipamentos Elétricos S.A. - Energia
  • WEG Industries (INDIA) Private Limited

Motores

  • WEG Equipamentos Elétricos S.A. - Motores
  • WEG Linhares Equipamentos Elétricos Ltda.

Transmissão & Distribuição

  • WEG Equipamentos Elétricos S.A. - Transmissão & Distribuição

Tintas

  • WEG Tintas Ltda.

A certificação ISO 50001 fornece diretrizes para a gestão energética. A unidade certificada é:

ISO 50001:2011

WEG Equipamentos Elétricos S.A. - Motores

Partes Interessadas

Investidores

Em 2014 a WEG realizou uma pesquisa de materialidade com diferentes partes interessadas (stakeholders), dentre eles, INVESTIDORES.

A pesquisa de materialidade busca identificar quais os temas mais relevantes dentro do contexto da sustentabilidade, essa pesquisa, além de ser um requisito da metodologia GRI-G4 (Relatório de Sustentabilidade), auxilia as empresas entenderem quais são os temas mais relevantes de cada parte interessada e assim auxiliar em planejamentos estratégicos.

O resultado final da pesquisa considera a visão de todas as partes interessadas (stakeholders) pesquisadase a visão da WEG.

Os 10 temas mais relevantes na visão dos INVESTIDORES foram:

Classificação Aspectos
1 Energia
2 Água
3 Desempenho econômico
4 Investimentos e gastos com proteção ambiental
5 Resíduos
6 Treinamento e educação dos colaboradores
7 Saúde e segurança no trabalho
8 Transparência
9 Benefícios oferecidos aos colaboradores
10 Combate à corrupção

Confira no arquivo Investidores (pdf) os indicadores escolhidos pelos INVESTIDORES que foram publicados no Relatório Anual Integrado (considerando resultado final da pesquisa)

Clientes

Em 2014 a WEG realizou uma pesquisa de materialidade com diferentes partes interessadas (stakeholders), dentre eles, CLIENTES.

A pesquisa de materialidade busca identificar quais os temas mais relevantes dentro do contexto da sustentabilidade, essa pesquisa, além de ser um requisito da metodologia GRI-G4 (Relatório de Sustentabilidade), auxilia as empresas entenderem quais são os temas mais relevantes de cada parte interessada e assim auxiliar em planejamentos estratégicos.

O resultado final da pesquisa considera a visão de todas as partes interessadas (stakeholders) pesquisadase a visão da WEG.

Os 10 temas mais relevantes na visão dos CLIENTES foram:

Classificação Aspectos
1 Energia
2 Saúde e Segurança no trabalho
3 Água
4 Combate à corrupção
5 Práticas de segurança
6 Benefícios oferecidos aos colaboradores
7 Emissões Atmosféricas
8 Direitos Humanos
9 Gestão de carreira dos colaboradores
10 Efluentes

Confira no arquivo Clientes (pdf) os indicadores escolhidos pelos CLIENTES que foram publicados no Relatório Anual Integrado (considerando resultado final da pesquisa)

Colaboradores

Em 2014 a WEG realizou uma pesquisa de materialidade com diferentes partes interessadas (stakeholders), dentre eles, COLABORADORES.

A pesquisa de materialidade busca identificar quais os temas mais relevantes dentro do contexto da sustentabilidade, essa pesquisa, além de ser um requisito da metodologia GRI-G4 (Relatório de Sustentabilidade), auxilia as empresas entenderem quais são os temas mais relevantes de cada parte interessada e assim auxiliar em planejamentos estratégicos.

O resultado final da pesquisa considera a visão de todas as partes interessadas (stakeholders) pesquisadase a visão da WEG.

Os 10 temas mais relevantes na visão dos COLABORADORES foram:

Classificação Aspectos
1 Água
2 Energia
3 Gestão da carreira dos colaboradores
4 Saúde e segurança no trabalho
5 Treinamento e educação dos colaboradores
6 Investimentos e gastos com proteção ambiental
7 Benefícios oferecidos aos colaboradores
8 Relacionamento com a Comunidade
9 Efluentes
10 Resíduos

Confira no arquivo Colaboradores (pdf) os indicadores escolhidos pelos COLABORADORES que foram publicados no Relatório Anual Integrado (considerando resultado final da pesquisa)

Comunidade

Em 2014 a WEG realizou uma pesquisa de materialidade com diferentes partes interessadas (stakeholders), dentre eles, COMUNIDADE.

A pesquisa de materialidade busca identificar quais os temas mais relevantes dentro do contexto da sustentabilidade, essa pesquisa, além de ser um requisito da metodologia GRI-G4 (Relatório de Sustentabilidade), auxilia as empresas entenderem quais são os temas mais relevantes de cada parte interessada e assim auxiliar em planejamentos estratégicos.

O resultado final da pesquisa considera a visão de todas as partes interessadas (stakeholders) pesquisadase a visão da WEG.

Os 10 temas mais relevantes na visão da COMUNIDADE foram:

Classificação Aspectos
1 Água
2 Saúde e segurança no trabalho
3 Investimentos e gastos com proteção ambiental
4 Relacionamento com a Comunidade
5 Energia
6 Resíduos
7 Efluentes
8 Emissões Atmosféricas
9 Práticas de segurança
10 Transparência

Confira no arquivo Comunidade (pdf) os indicadores escolhidos pela COMUNIDADE que foram publicados no Relatório Anual Integrado (considerando resultado final da pesquisa)

Fornecedores

Em 2014 a WEG realizou uma pesquisa de materialidade com diferentes partes interessadas (stakeholders), dentre eles, FORNECEDORES.

A pesquisa de materialidade busca identificar quais os temas mais relevantes dentro do contexto da sustentabilidade, essa pesquisa, além de ser um requisito da metodologia GRI-G4 (Relatório de Sustentabilidade), auxilia as empresas entenderem quais são os temas mais relevantes de cada parte interessada e assim auxiliar em planejamentos estratégicos.

O resultado final da pesquisa considera a visão de todas as partes interessadas (stakeholders) pesquisadase a visão da WEG.

Os 10 temas mais relevantes na visão das FORNECEDORES foram:

Classificação Aspectos
1 Água
2 Emissões Atmosféricas
3 Energia
4 Efluentes
5 Investimentos e gastos com proteção ambiental
6 Treinamento e educação dos colaboradores
7 Resíduos
8 Saúde e segurança no trabalho
9 Combate à corrupção
10 Benefícios oferecidos aos colaboradores

Confira no arquivo Fornecedores (pdf) os indicadores escolhidos pelas FORNECEDORES que foram publicados no Relatório Anual Integrado (considerando resultado final da pesquisa)

Entidades de Classe

Em 2014 a WEG realizou uma pesquisa de materialidade com diferentes partes interessadas (stakeholders), dentre eles, ENTIDADES DE CLASSE.

A pesquisa de materialidade busca identificar quais os temas mais relevantes dentro do contexto da sustentabilidade, essa pesquisa, além de ser um requisito da metodologia GRI-G4 (Relatório de Sustentabilidade), auxilia as empresas entenderem quais são os temas mais relevantes de cada parte interessada e assim auxiliar em planejamentos estratégicos.

O resultado final da pesquisa considera a visão de todas as partes interessadas (stakeholders) pesquisadase a visão da WEG.

Os 10 temas mais relevantes na visão das ENTIDADES DE CLASSE foram:

Classificação Aspectos
1 Energia
2 Água
3 Efluentes
4 Resíduos
5 Emissões Atmosféricas
6 Cedeia de fornecedores
7 Investimentos e gastos com proteção ambiental
8 Saúde e segurança no trabalho
9 Desempenho econômico
10 Treinamento e educação dos colaboradores

Confira no arquivo Entidades de Classe (pdf) os indicadores escolhidos pelas ENTIDADES DE CLASSE que foram publicados no Relatório Anual Integrado (considerando resultado final da pesquisa)

Responsabilidade Social

Responsabilidade Social

A comunidade em que a empresa está inserida fornece a infraestrutura e o capital social, representado por seus colaboradores e parceiros, para contribuir decisivamente na viabilização e o sucesso de seus negócios.

Cientes da importância da comunidade, a WEG procura planejar os investimentos sociais levando em consideração as cidades onde estão localizadas nossas operações industriais.

Atualmente, a abrangência dos programas sociais ocorre no Brasil, com maior destaque na microrregião de Jaraguá do Sul/SC, onde está localizada a sede da WEG, local que possui a maior parte dos colaboradores.

Para fomentar o desenvolvimento local, procuramos realizar parcerias com as entidades do terceiro setor e do setor público municipal a fim de atender as necessidades oriundas da comunidade, não impondo nosso desejo sem que tenhamos um comum acordo.

As diretrizes traçadas pela empresa são simples e com foco amplo de atuação em:

  • Projetos originados em cidades onde a WEG possui operação industrial.
  • Projetos que tenham expressividade para a comunidade e tragam melhoria social.
  • Projetos que não tenham dependência dos recursos WEG acima de 60%.
  • Parcerias com entidade sem fins lucrativos.
  • Devem ser voltadas para ações de cunho social, relacionados à saúde, educação e cultura.

Histórico de Investimento Social Weg (Milhões de reais)

Origem dos Recursos

Aplicação de Recursos por Público

Aplicação dos Recursos por Área

Leis de Incentivo

 

Última atualização em
Close